São José dos Pinhais

Prefeitura de SJP e COHAPAR anunciam construção de 631 moradias populares

O Projeto Rio Itaqui recebeu 42 milhões de verbas do PAC para recuperar 18 km de margem

07/02/2013 09:02 - Atualizado em 07/02/2013 11:02

 

Nesta quarta-feira (6), o prefeito Luiz Carlos Setim e a secretária de Habitação Rita Meyer, receberam o presidente da COHAPAR (Companhia de Habitação do Paraná) Mounir Chaowiche e construtores para assinar a parceria entre a prefeitura, a COHAPAR e o programa Minha Casa, Minha Vida para a construção de 631 novas casas e apartamentos em São José dos Pinhais.

As novas moradias fazem parte do projeto de reassentamento dos moradores das margens do Rio Itaqui. Atualmente, o local onde as famílias cadastradas residem apresentam risco de enchentes, pois estão muito próximas à margem. Além disso, os moradores estão vivendo em uma APP (Área de Proteção Permanente).

As famílias contempladas pelo programa de habitação serão realocadas para casas e apartamentos, que começarão a ser construídas no Guatupê. A previsão da entrega das novas moradias é de 18 meses.

O projeto Rio Itaqui é similar ao projeto Rio Ressaca. O objetivo é recuperar as margens e acabar com a poluição local, retirar as famílias que estão em APPs e áreas de risco, eliminar os riscos de enchente e criar o Parque Linear do Itaqui, que terá extensão de 18 km.

O projeto iniciou em 2003, na segunda gestão do prefeito Luiz Carlos Setim, que obteve recursos junto ao Governo Federal através do BNDES para o projeto conhecido na época como Vizinhança Solidária. O total de recursos oriundos da União é de aproximadamente R$ 80 milhões.  

Fonte: Comunicação Prefeitura São José dos Pinhais

Leia Mais

Comentários